Oduvaldo Vianna Filho

Moço em estado de sítio


Escrita em 1965, esta peça sintetiza as dificuldades do engajamento político, as disputas em torno das diferentes correntes estéticas da arte e os dilemas éticos e materiais enfrentados pela esquerda brasileira a partir da ruptura institucional de 1964

R$ 56

Conheça a obra

Oduvaldo Vianna Filho

Mão na luva


Primeira incursão lírica de Oduvaldo Vianna Filho, nesta peça de 1966 um casal discute sua separação iminente, relembra os anos de matrimônio e revela conflitos mais profundos que se misturam aos impasses que vive o Brasil pós-1964

R$ 56

Conheça a obra

Oduvaldo Vianna Filho

Corpo a corpo


Escrita em 1970, esta peça lança luz sobre um homem dividido entre a solidariedade e a ambição, a liberdade e a monogamia, a escolha de seu próprio país ou a vida fora dele

R$ 52,00

Conheça a obra

Botho Strauss, trad. Alice do Vale

Trilogia do reencontro


Desde sua polêmica montagem de estreia, em 1977, esta peça de Botho Strauss tem sido motivo de debate, seja pela ausência do drama ou pelo retrato contundente da crise da subjetividade da classe média

R$ 72

Conheça a obra

Jean-Paul Alègre, trad. Flavia Lago

Eu, Ota, rio de Hiroshima


Neste ano em que se completam 75 anos do lançamento da bomba atômica em Hiroshima, esta peça traz um ponto de vista ainda não observado do acontecimento: o da natureza. 

R$ 58

Conheça a obra

Thomas Bernhard, trad. Christine Röhrig

Praça dos Heróis


Escrita em 1988, esta polêmica peça de Thomas Bernhard traz uma reflexão crítica sobre o nacionalismo e o antissemitismo na Áustria moderna

R$ 60

Conheça a obra

David Hare, trad. Clara Carvalho

O poder do sim


Nesta peça, o célebre dramaturgo britânico David Hare desvenda as impetuosas decisões por trás do modelo econômico capitalista que levaram à crise financeira de 2008 e seus ecos nos dias atuais

R$ 60

Conheça a obra

Sérgio de Carvalho

Três peças da Companhia do Latão [box especial]


No box "Três peças da Companhia do Latão", a Temporal lança, em edição inédita e especial, as peças: "Os que ficam", "O pão e a pedra" e "Lugar nenhum". As obras são de autoria do dramaturgo Sérgio de Carvalho, em colaboração com o grupo teatral Companhia do Latão, e lançam olhar sobre o Brasil das décadas de 1960, 1970 e 1980, a partir de perspectivas, personagens e episódios distintos

R$ 145

Conheça a obra

Sérgio de Carvalho

Os que ficam


Escrita em 2015, "Os que ficam" apresenta uma reflexão sobre as dificuldades da arte política na atualidade, a partir do retrato de um grupo de artistas que ensaia a peça "Revolução na América do Sul", de Augusto Boal, na década de 1970, período de endurecimento da ditadura civil-militar no Brasil

R$ 52

Conheça a obra

Sérgio de Carvalho

O pão e a pedra


Em 1979, mais de setenta mil trabalhadores ocuparam o estádio de futebol da Vila Euclides, em São Bernardo do Campo, para debater a greve que, entre paralisações e tréguas, durou sessenta dias. Quarenta anos depois, em 2016, a publicação de "O pão e a pedra" traz à cena os principais agentes daquele momento histórico

R$ 60

Conheça a obra

Sérgio de Carvalho

Lugar nenhum


Escrita em 2018, em comemoração aos vinte anos da Companhia do Latão, "Lugar nenhum" é uma peça-ensaio em que são exploradas as contradições e a paralisia de parte da intelectualidade brasileira frente às mudanças históricas que o país então vivia no fim da década de 1960

R$ 48

Conheça a obra

Oduvaldo Vianna Filho

A longa noite de Cristal


Peça nunca publicada de Oduvaldo Vianna Filho, de 1969, apresenta os mecanismos e jogos de interesses do telejornalismo brasileiro com surpreendente atualidade

R$ 45

Conheça a obra

Oduvaldo Vianna Filho

Papa Highirte


Escrito em 1968, Papa Highirte é o trabalho teatral mais significativo sobre o esforço da esquerda perante o autoritarismo, a tortura e a repressão dos anos mais duros do governo militar

R$ 45

Conheça a obra

Oduvaldo Vianna Filho

Rasga coração - edição especial em dois volumes


Última peça de Oduvaldo Vianna Filho, Rasga coração é editada depois de 38 anos, acompanhada da pesquisa que lhe serviu de base

R$ 65

Conheça a obra